Funcionamento do CEMADEC

O Centro funciona com uma equipe multidisciplinar, em uma moderna central tecnológica instalada na sede da CODESAL, composta por cinco servidores, dez estações de trabalho (cada uma com três monitores) e um videowall.

Atua em regime de plantão 24h, 365 dias no ano, com a parceria do CEMADEN e INMET, para o monitoramento dos principais sistemas meteorológicos que causam chuvas, utilizando as imagens de radar e satélite. Possui atualmente uma rede de monitoramento composta por 52 (cinquenta e dois) estações pluviométricas (CODESAL, CEMADEN e INMET), além de 02 (duas) estações hidrológicas (CODESAL) e 04 (quatro) estações meteorológicas (CODESAL e INMET), figura abaixo.

Estão em operação, também, 11(onze) sirenes em 10 (dez) áreas de risco, que compõem o Sistema de Alerta e Alarme da Defesa Civil de Salvador. Esse sistema faz parte do Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC) que, de acordo com os protocolos definidos, permitirá alertar os moradores de áreas de risco sobre os riscos associados aos deslizamentos de terra e/ou alagamentos de área.

E mais, é corresponsável pelas mudanças de nível de monitoramento, que possuem quatro categorias (Observação, Atenção, Alerta e Alerta Máximo) e segue os protocolos predefinidos no PPDC, considerando as condições do tempo, juntamente com os acumulados de chuva registrados nas últimas 72 horas.

 

 

 

 

PLUVIÔMETROS E SISTEMA DE ALERTA E ALARME